5 dicas para integração de novos colaboradores

5 dicas para integração de novos colaboradores

O processo de integração de novos colaboradores ocorre de forma diferente em cada empresa. Essa estratégia é foco constante de mudanças e aperfeiçoamentos nas instituições, podendo ser alterada de acordo com a realidade e a necessidade do ambiente profissional e do período em que é aplicada.

Também conhecido por onboarding, o processo de integração tem a finalidade de definir a disposição e a logística da interação do novo integrante com a cultura da instituição e com os colegas de trabalho.

Por representar o primeiro ponto de contato do colaborador com a empresa, sua realização deve ser feita de forma eficiente e adequada. Afinal, essa incorporação tem grande importância para a estrutura organizacional e distribuição de funções. Confira uma série de dicas que separamos que servirão de base para você recepcionar da melhor maneira possível os novos talentos em sua empresa.

1  Defina uma data de admissão mensal

Se a sua empresa tem um grande volume de contratações mensais, programe uma data específica para esses colaboradores ingressarem. Isso facilitará o treinamento e fará com que todos “falem” a mesma língua. As dúvidas de um podem ser a do outro e assim por diante. Essa prática cria mais proximidade entre os novos colaboradores, e faz com que eles se integrem à cultura da empresa de uma forma mais ágil.

Essa dica também é válida se sua empresa não tem um grande volume de contratações. Uma data distinta para a entrada de novos colaboradores irá deixar a sua equipe preparada para recepcionar o novo colega, otimizando seus recursos, poupando tempo e investimento.

 

2 – Conhecimento é para ser usado

Não perca tempo com longos cursos. Fique atento para não investir tempo demais em treinamentos extensos na integração de novos colaboradores. A prática deve ser aplicada em conjunto com os ensinamentos práticos do dia a dia. Essa forma de aplicação de conhecimentos auxilia o processo de aprendizado e faz com que as informações e as técnicas de trabalho sejam desenvolvidas com o maior índice possível de aproveitamento.

3 – Deixe claro as ambições da empresa

Trabalhar em uma empresa com perspectivas de crescimento é muito mais estimulante. Inclua no período de integração de novos colaboradores palestras focadas nos índices de desenvolvimento da empresa, nas projeções de crescimento e nas oportunidades oferecidas pela mesma. Afinal, quem cresce coletivamente, cresce sempre.

Lembre-se que essa é uma oportunidade única e irá definir toda a estrutura de interação com o novo colaborador. Portanto, apresente claramente aos contratados a cultura da empresa. É importante que os novos integrantes entendam nitidamente a forma de interação proposta. Essa ação vai facilitar – e muito – o processo de engajamento.

Os colaboradores engajados são grandes fontes de inspiração para a instituição. Eles incentivam novas práticas e ajudam a empresa a atingir seus objetivos. Daí a importância de investir em conscientização e estabelecer uma rotina de oportunidades, para que novas ideias possam ser apresentadas. Uma política com esses valores pode gerar agradáveis surpresas às suas matrizes de planejamento.

 

4 – Crie expectativas realistas

Não há nada mais desestimulante que ser apresentado a promessas que fogem da realidade. Um alto nível de expectativas é bom para engajar a equipe. Mas tome sempre o cuidado de traçar objetivos que possam ser mensuráveis. Eles devem ser apresentados de forma clara e objetiva, afinal, padrões utópicos desmotivam colaboradores, e posicionamentos autoritários e desproporcionais levam a perda de grandes aquisições!

5 – Acolhimento e integração de novos colaboradores

Um bom motivo para traçar estratégias direcionadas para o acolhimento e a integração de novos colaboradores ao grupo de trabalho já solidificado é que essa ação irá facilitar as relações de trabalho e diminuir os riscos de situações embaraçosas ou constrangedoras.

Importante! A introdução de novos associados não deve ser feita apenas de forma verbal. É essencial que seu colaborador tenha acesso a um material concreto que conte a história da empresa, apresente seus colaboradores e, principalmente, que foque na cultura organizacional aplicada.

Esse material servirá como banco de informações para todos os integrantes da empresa, portanto, deve ser didático, otimizado e constantemente atualizado. Tenha em mente que informação é a alma do negócio, e a sua será representada neste conteúdo.

Agora que você já sabe como recepcionar da melhor maneira possível os novos talentos em sua empresa, está na hora de colocar a mão na massa. Uma boa forma de promover a integração de novos colaboradores é montar um kit de boas vindas. Essa ação os deixará mais confiantes e à vontade no novo ambiente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *